buscar

Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel

A Petrobras anunciou recentemente uma redução no preço médio do diesel para as distribuidoras em R$ 0,44 por litro. Com isso, o novo preço será de R$ 3,02, em comparação aos R$ 3,46 anteriores. No caso da gasolina, haverá uma redução de R$ 0,40 por litro, fazendo com que o valor passe de R$ 3,18 para R$ 2,78 nas distribuidoras.
Publicado em Notícias dia 17/05/2023 por Alan Corrêa

A Petrobras anunciou recentemente uma redução no preço médio do diesel para as distribuidoras em R$ 0,44 por litro. Com isso, o novo preço será de R$ 3,02, em comparação aos R$ 3,46 anteriores.

No caso da gasolina, haverá uma redução de R$ 0,40 por litro, fazendo com que o valor passe de R$ 3,18 para R$ 2,78 nas distribuidoras.

A Petrobras ressalta que o preço final cobrado nos postos de combustível ao consumidor é influenciado por outros fatores, como impostos, a mistura de biocombustíveis e as margens de lucro tanto da distribuição quanto da revenda.

Petrobras anuncia nova política de preços de combustíveis (Fernando Frazão/Agência Brasil)

“A Petrobras recupera sua liberdade de estabelecer preços. Nos alforriamos de um único e exclusivo fator, que era a paridade”, afirmou o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates à imprensa, em Brasília.

“Era hora de abrasileirar os preços dos combustíveis”, avaliou o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, destacando que hoje é um dia de festa para o governo e para a sociedade.

Gás de cozinha

Presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, ao lado do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, defende ‘abrasileirar’ preços e anuncia redução no valor dos combustíveis, em entrevista coletiva em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

A Petrobras informou que também irá reduzir o preço médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP) em 21,3%. A partir de hoje, quarta-feira (17), a estatal venderá o botijão de 13 quilos de GLP às distribuidoras por um valor, em média, R$ 8,97 mais baixo em comparação ao preço atual. Caso as distribuidoras repassem integralmente essa economia ao consumidor final, o botijão poderá ser adquirido pelas residências pelo preço médio de R$ 99,87.

“Esta é a melhor notícia. Baixamos [o preço do botijão] de R$ 100”, comentou Prates logo após se reunir com o ministro de Minas e Energia.

De acordo com o presidente da Petrobras, esta é a primeira vez, desde outubro de 2021, que o preço do botijão de gás vendido às distribuidoras cai abaixo dos R$ 100.

*Com informações da Agência Brasil.