Com calor forte, mulher frita pastel em calçada

Na última sexta-feira (25), Fabiane Batista dos Santos, uma moradora de 36 anos, surpreendeu ao fritar um pastel na calçada de sua residência, localizada no município de Jangada, a 82 km de Cuiabá. Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível testemunhar o óleo fervente enquanto o pastel é preparado em uma frigideira improvisada.
Publicado em Notícias dia 27/08/2023 por Alan Corrêa

Na última sexta-feira (25), Fabiane Batista dos Santos, uma moradora de 36 anos, surpreendeu ao fritar um pastel na calçada de sua residência, localizada no município de Jangada, a 82 km de Cuiabá. Em um vídeo que circula nas redes sociais, é possível testemunhar o óleo fervente enquanto o pastel é preparado em uma frigideira improvisada.

A iniciativa inusitada teve motivação familiar, já que a mãe de Fabiana, Valda Batista Amorim, é conhecida por sua produção de pastéis na região e detém o título de proprietária do maior pastel do país, com impressionantes 1,74 metros de comprimento e mais de 15 kg. Fabiane explicou que a decisão de fritar o pastel ao ar livre foi tomada para atrair a atenção e animar o grupo familiar, especialmente devido ao calor extremo que assolava a região.

“Decidimos fritar um pastel por conta do feito da minha mãe, que criou o maior pastel do Brasil. E com as altas temperaturas, decidimos experimentar”, comentou Fabiane. A cidade registrou uma temperatura escaldante de 44°C naquele dia, marcando o ápice do calor até então, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Temperatura chegou a 44°C
Temperatura chegou a 44°C

No vídeo, Fabiane brinca: “Bem fresquinho aqui em Jangada, ein?”. Ela também compartilhou o segredo por trás da rapidez no preparo do pastel: “Fiz a massa bem fininha e utilizei um recheio leve, pois a carne já estava pronta, cozida e temperada.” O vídeo gerou uma repercussão surpreendente nas redes sociais, algo que Fabiane não esperava.

Essa não é a primeira vez que moradores da região aproveitam as altas temperaturas para realizar experimentos culinários ao ar livre. Recentemente, Mailla Cristina Damasio Machado, uma motorista de aplicativo de 35 anos, também realizou uma façanha semelhante ao fritar ovos em uma frigideira na calçada de sua casa em Cuiabá. O recorde de calor na capital, com mais de 41°C, inspirou Mailla a realizar o feito, e ela brincou: “Aqui em Cuiabá não gasto mais gás, frito o ovo no sol mesmo.”

Com temperaturas extremas marcando presença na região, os moradores encontram maneiras criativas e descontraídas de lidar com o calor intenso.

*Com informações do G1.