buscar
Viagem

Vegano pede menu especial em voo e recebe uma banana

Recentemente, um passageiro da classe executiva em um voo da Japan Airlines de Jacarta, Indonésia, para Tóquio, Japão, solicitou uma "refeição vegana" e foi servido apenas uma única banana, deixando-o muito insatisfeito.
Publicado em Viagem dia 7/03/2023 por Alan Corrêa

Com raras exceções, a qualidade das refeições servidas a bordo na maioria das companhias aéreas varia de “pouco melhor do que nada” a “um pouco melhor do que uma mordida na bandeja”. No entanto, mesmo quando os passageiros embarcam em seus voos esperando refeições questionáveis ou insuficientes, ainda podem se surpreender negativamente, como relatado pelo Food & Wine.

Recentemente, um passageiro da classe executiva em um voo da Japan Airlines de Jacarta, Indonésia, para Tóquio, Japão, solicitou uma “refeição vegana” e foi servido apenas uma única banana, deixando-o muito insatisfeito.

Em um post no fórum FlyerTalk, Kris Chari relatou sua experiência e perguntou a outros usuários se eles também tiveram um serviço de refeição igualmente “desanimador” nessa rota em particular. “Antes da decolagem hoje, minha comissária de bordo confirmou que eu havia solicitado uma Refeição Vegana Vegetariana e que meu café da manhã seria uma banana, o que me fez pensar que o café da manhã incluiria uma banana”, escreveu Chari. “Quando ela serviu a banana após a decolagem, pensei que fosse apenas um aperitivo pouco impressionante, mas era, de fato, o serviço de refeição completo!”

Durante um voo, um passageiro vegano solicitou um menu especial, mas acabou recebendo apenas uma banana para se alimentar.

Embora Chari tenha acrescentado que a banana era “uma das melhores que já tinha comido recentemente”, ele ainda se perguntou por que sua refeição era essencialmente um lanche.

“O almoço foi um espaguete mal temperado, e minhas refeições em outros voos da Japan Airlines também foram ruins, mas nada foi tão insubstancial quanto isso. Foi fofo da equipe servir a banana com hashis, no entanto”, comentou.

Para os não-veganos, a opção de lanche durante aquele voo era atum grelhado com salada de berinjela marroquina, queijo, salsa de laranja e uma baguete.

Resposta da Japan Airlines

Em um comunicado ao Simple Flying, um porta-voz da Japan Airlines disse que o atual “lanche/refresco” para qualquer passageiro naquela rota que pediu uma refeição especial era uma banana. “Levamos a satisfação do cliente a sério e continuaremos a responder aos nossos menus diante do crescente interesse e das diversas necessidades dos clientes que solicitam refeições especiais, incluindo o valioso feedback deste cliente”, dizia o comunicado.

A Japan Airlines é a companhia aérea nacional do Japão, sediada em Shinagawa, Tóquio. Seus principais hubs são o Aeroporto Internacional de Narita e o Aeroporto de Haneda em Tóquio, além do Aeroporto Internacional de Kansai e do Aeroporto Internacional de Osaka.

Chari disse à Insider que esperava receber o equivalente ao lanche servido aos passageiros não-veganos, como um sanduíche, salada, queijo vegano ou uma baguete. (Ele observou que, quando pediu algo mais para comer, um membro da equipe de bordo lhe deu amêndoas e cubos de melancia, que ele disse serem ambos “ótimos”.)

Em 2020, a Japan Airlines começou a oferecer a opção “JAL Ethical Choice Meal Skip Option”, onde o passageiro pode declarar antes do voo que não irá comer durante a viagem em determinados itinerários, e essa opção desde então foi estendida para todos os seus voos no mundo inteiro. “Este serviço, que ajuda a reduzir o desperdício de alimentos enquanto permite que os passageiros descansem confortavelmente na cabine, tem sido bem recebido pelos clientes, especialmente aqueles que embarcam em voos noturnos e dizem que estão felizes por poder dormir bem à noite”, disse a companhia aérea.

Para cada refeição pulada, a companhia aérea também fará uma doação para a instituição de caridade Table for Two do Japão, que será usada para financiar programas de refeições escolares para estudantes em países em desenvolvimento. E, na verdade, se tudo o que você está perdendo é uma banana e um par de hashis, pular uma refeição não parece tão ruim.

*Com informações da Food & Wine, FlyerTalk, MSN, Simple Flying e Anda.