buscar
Mundo

Turista é acusado de vandalizar o Coliseu; Jovem pode ter que pagar multa pesada

Um vídeo viralizou na internet mostrando um turista que desfigurou uma parede do Coliseu, na Itália, em uma tentativa de "homenagem" à sua namorada. O vândalo deixou a inscrição "Ivan + Hayley 23" no muro do famoso anfiteatro. As autoridades italianas estão empenhadas em identificá-lo.
Publicado em Mundo dia 27/06/2023 por Alan Corrêa

Um vídeo viralizou na internet mostrando um turista que desfigurou uma parede do Coliseu, na Itália, em uma tentativa de “homenagem” à sua namorada.

O vândalo deixou a inscrição “Ivan + Hayley 23” no muro do famoso anfiteatro. As autoridades italianas estão empenhadas em identificá-lo.

Nas imagens, o homem é visto sorrindo, mesmo quando confrontado pelo autor do vídeo. O incidente ocorreu no último sábado (24/6) e logo se espalhou pelas redes sociais. O ministro da Cultura da Itália, Gennaro Sangiuliano, condenou veementemente o ato, classificando-o como “gravíssimo, indigno e um sinal de grande incivilidade”.

Sangiuliano solicitou que o turista responsável pela agressão ao Coliseu seja identificado e punido de acordo com as leis italianas. As autoridades prometeram empenhar-se na identificação e punição do indivíduo.

O adolescente responderá em liberdade pelo crime de “dano agravado” ao patrimônio público.

O Coliseu, o maior anfiteatro já construído, está situado no coração da cidade de Roma, capital da Itália. Infelizmente, esse icônico cartão postal tem sido alvo frequente de atos de vandalismo, como pichações e roubo de pedras do monumento, de acordo com relatos.

Também conhecido como “Anfiteatro Flavio”, o Coliseu teve sua construção iniciada sob o império de Vespasiano, em 72 d.C., e foi concluído oito anos depois, durante o governo de Tito, na época em que Roma era a capital do Império Romano.

A arena era utilizada para combates de gladiadores e espetáculos públicos, e estima-se que sua capacidade original fosse de 50 mil a 80 mil pessoas.

*Com informações do UOL e G1.