buscar

Programa Mais Médicos tem vagas de emprego em aberto

A partir da sexta-feira (26), estarão disponíveis as inscrições para o Programa Mais Médicos, com prioridade para médicos brasileiros formados no país. O Ministério da Saúde divulgou um edital com 5.970 vagas distribuídas em 1.994 municípios em todas as regiões do Brasil.
Publicado em Trabalho dia 22/05/2023 por Alan Corrêa

A partir da sexta-feira (26), estarão disponíveis as inscrições para o Programa Mais Médicos, com prioridade para médicos brasileiros formados no país. O Ministério da Saúde divulgou um edital com 5.970 vagas distribuídas em 1.994 municípios em todas as regiões do Brasil.

O objetivo do programa é garantir atendimento médico, especialmente em áreas carentes de assistência, oferecendo aos profissionais oportunidades de qualificação, aperfeiçoamento, além de incentivos e benefícios para trabalhar em regiões mais vulneráveis.

Além dos médicos brasileiros registrados no país, que terão prioridade na seleção, também poderão participar do programa brasileiros formados no exterior ou estrangeiros. Esses profissionais atuarão em vagas não preenchidas por médicos com registro no Brasil, mediante o Registro do Ministério da Saúde (RMS). As inscrições permanecerão abertas até 31 de maio, e estima-se que os profissionais comecem a trabalhar nos municípios no final de junho.

O Programa Mais Médicos está disponibilizando um total de 5.970 vagas para médicos em diferentes regiões do Brasil (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O secretário de Atenção Primária à Saúde, Nésio Fernandes, destaca que as atualizações implementadas no Mais Médicos neste ano têm como objetivo atrair e valorizar os profissionais que participam do programa, garantindo, assim, a prestação de cuidados à população e às comunidades.

“O novo Mais Médicos está ofertando quase 6 mil vagas no programa e quem participa tem a chance de garantir a formação em Medicina de Família e Comunidade. Nosso objetivo é que os profissionais com registro no Brasil ocupem as vagas que estão sendo ofertadas e por isso pensamos em tantas estratégias de incentivo”, reforça.

Além da oportunidade de qualificação, todos os participantes do Programa Mais Médicos terão a possibilidade de receber incentivos para permanecer no programa. Aqueles que forem designados para regiões de extrema pobreza e vulnerabilidade, de acordo com a oferta do edital, receberão um percentual maior de incentivo.

Atualmente, mais de 8 mil médicos estão atuando no Programa Mais Médicos. O edital aberto agora tem o objetivo de preencher vagas ociosas dos últimos quatro anos e também oferece 1.000 vagas inéditas para a Amazônia Legal. Aproximadamente 45% das vagas estão localizadas em regiões socialmente vulneráveis e historicamente carentes de profissionais de saúde. Em 2023, 117 médicos foram convocados para trabalhar nos Distritos Sanitários Indígenas (DSEIS), incluindo o território Yanomami, que se encontra em situação de emergência sanitária.

O Governo Federal tem a expectativa de alcançar até o final do ano a presença de 28 mil profissionais do Programa Mais Médicos em todo o país, especialmente nas áreas de extrema pobreza. Com isso, mais de 96 milhões de brasileiros terão acesso garantido a serviços médicos na atenção primária, que é a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).

O Programa Mais Médicos disponibiliza um total de 5.970 vagas para médicos em todas as regiões do Brasil, distribuídas da seguinte forma:

Essas vagas têm como objetivo garantir o atendimento médico em áreas que enfrentam carência de profissionais de saúde. O programa busca fortalecer a atenção primária e ampliar o acesso da população aos serviços médicos necessários.

*Com informações do Programa Mais Médicos.