buscar

O que o excesso de sal pode causar? Veja porque não exagerar

O sal é um ingrediente muito utilizado na culinária, seja para realçar o sabor dos alimentos, conservá-los ou dar textura aos pratos. No entanto, o consumo excessivo de sal pode trazer prejuízos à saúde, como o aumento da pressão arterial e o risco de doenças cardiovasculares.
Publicado em Saúde dia 24/03/2023 por Alan Corrêa

O sal é um ingrediente muito utilizado na culinária, seja para realçar o sabor dos alimentos, conservá-los ou dar textura aos pratos. No entanto, o consumo excessivo de sal pode trazer prejuízos à saúde, como o aumento da pressão arterial e o risco de doenças cardiovasculares.

Por isso, é importante ter cuidado ao utilizar o sal na preparação dos alimentos e também ao escolher os alimentos industrializados, que geralmente contêm quantidades elevadas de sódio.

O recomendado é que um adulto consuma no máximo 5 gramas de sal por dia, o que equivale a cerca de uma colher de chá rasa. No entanto, a maioria das pessoas consome uma quantidade muito maior do que essa, muitas vezes sem perceber.

O que o excesso de sal pode causar?

O excesso de sal pode fazer com que o corpo retenha mais água, o que aumenta o volume sanguíneo e, consequentemente, a pressão arterial. Isso pode levar a problemas de saúde como doenças cardíacas, derrame e insuficiência renal.

O excesso de sal na dieta pode causar diversos problemas de saúde, principalmente relacionados ao sistema cardiovascular. Quando consumimos sal em excesso, nosso corpo retém mais líquidos para equilibrar o excesso de sódio, o que pode levar a um aumento da pressão arterial e sobrecarregar o coração.

Além disso, o excesso de sal pode levar à formação de placas nas artérias, o que pode prejudicar a circulação sanguínea e aumentar o risco de doenças cardiovasculares, como a hipertensão, a aterosclerose, o infarto e o AVC.

Uma dieta rica em sal pode sobrecarregar os rins, tornando-os menos eficientes na remoção de resíduos do corpo. Isso pode levar a problemas renais, como insuficiência renal.

O consumo excessivo também pode afetar outros órgãos e sistemas do corpo, como os rins e o sistema nervoso. Os rins são responsáveis por filtrar o excesso de sódio do sangue, mas quando há uma sobrecarga, eles podem ser afetados e apresentar problemas como a retenção de líquidos e o aumento da produção de urina. Já o sistema nervoso pode ser afetado pelo excesso de sódio, causando irritabilidade, nervosismo, fadiga e insônia.

Além dos problemas de saúde, o consumo excessivo de sal também pode causar desequilíbrios no corpo, afetando a hidratação, o equilíbrio ácido-base e a absorção de nutrientes. Além disso, a ingestão excessiva de sal pode aumentar a sensação de sede, o que pode levar ao consumo excessivo de líquidos e a um desequilíbrio hidroeletrolítico.

Por isso, é importante controlar o consumo de sal e adotar uma alimentação saudável e equilibrada, rica em nutrientes e pobre em sódio. Além de reduzir o consumo de alimentos industrializados e processados, é importante adicionar mais frutas, verduras, legumes e grãos integrais na dieta, que são ricos em vitaminas, minerais e fibras, e ajudam a controlar a pressão arterial e o peso corporal.

Como controlar

O excesso de sal pode fazer com que o corpo retenha líquidos, o que pode levar a inchaço e ganho de peso.

Para diminuir o consumo de sal, algumas medidas podem ser adotadas:

Além dos riscos à saúde, o consumo excessivo de sal também pode ter impactos ambientais. A produção de sal consome grandes quantidades de energia e água, além de gerar resíduos que podem poluir o meio ambiente. Por isso, ao diminuir o consumo de sal, você também contribui para a preservação do planeta.

Outro ponto importante a se destacar é que, além do sal de cozinha comum, existem outros tipos de sais que também devem ser consumidos com moderação. Entre eles estão o sal marinho, o sal rosa do Himalaia, o sal negro e o sal defumado. Apesar de serem considerados mais saudáveis e terem minerais e nutrientes extras, eles ainda são ricos em sódio e devem ser consumidos com moderação.

Embora o consumo excessivo de sal possa causar retenção de líquidos em alguns casos, ele também pode levar à desidratação em outros, pois o corpo precisa de mais água para diluir o excesso de sal.

Em resumo, é importante cuidar do consumo de sal para manter uma alimentação saudável e equilibrada. Reduzir a quantidade de sal pode parecer difícil no começo, mas com o tempo seu paladar se acostuma e você passa a apreciar o sabor natural dos alimentos. Experimente novas receitas e temperos e descubra novos sabores!

*Com informações do UOL, TJDFT e GovBr.