O que fazer em Bariloche: aproveitar os hotéis e curtir os pontos turísticos

As pessoas chegam para curtir Bariloche de todos os lados, seja com passagem aéreas oo pelas rodovias, a média de ocupação hoteleira é sempre alta e está em constante crescimento.

Turismo
7 meses atrás
O que fazer em Bariloche: aproveitar os hotéis e curtir os pontos turísticos

Onde fica Bariloche

San Carlos de Bariloche, mas conhecida apenas por Bariloche, é uma cidade da Argentina, localizada na Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes, na fronteira com o Chile. Está rodeada por lagos (Nahuel Huapi, Gutiérrez, Mascardi) e montanhas, como o Cerro Tronador (3354 m de altitude, na fronteira com o Chile), o Cerro Catedral (movimentada estação de esqui) e o Cerro López. Possui cerca de 130 mil habitantes.

Aumento de turistas

A quantidade de turistas que chegaram à Bariloche, seja pelos aeroportos ou rodovias aumentou neste primeiro mês do ano. O que fez com que a média de ocupação hoteleira atingisse 82%, ou seja, 29 mil leitos – o que representa 5 % acima em relação ao mesmo mês do ano anterior. Este crescimento representou uma movimentação econômica de aproximadamente R$ 115 milhões (700 milhões de pesos), de acordo com o Obervatório Turístico de Rio Negro.

Segundo os empresários locais, estes números estão estritamente relacionados com a oferta de preços, competitivos da cidade e as políticas de promoção implementadas durante 2017.

A Associação de Hotéis Gastronômicos destacou que Bariloche “é muito competitiva a nível nacional, com bons serviços e infra-estrutura, com diversificação em todos os segmentos do turismo e preços competitivos, além de estar bem posicionada em relação ao gasto efetuado per capita, por turista que visita a região”. Estes indicadores também se mantêm para o mês de fevereiro, o que é fundamental para estender a alta temporada de verão.

A EMPROTUR – Ente de Promoção do Turismo da cidade – desenvolve um plano anual que, durante no verão, contempla o início das campanhas em outubro do ano anterior, nos seus três principais mercados: Argentina, Brasil e Chile. O Diretor Executivo Diego Piquín explicou que “cada campanha tem um objetivo específico e busca um resultado concreto. De acordo com a época do ano, começamos entre dois a três meses antes de cada campanha, segmentando a mensagem de acordo com a audiência que estamos direcionando. Isso e o esforço do setor privado, em termos de preços e melhoria de serviços, nos permite desfrutar de uma boa temporada “.

O aeroporto de Bariloche registrou uma média de 18 vôos diários durante o mês de janeiro, com a entrada de 60.002 passageiros, de acordo com informações da Administração Nacional de Aviação Civil da Argentina. A novidade: os vôos diretos da LATAM que conectam Bariloche e Santiago do Chile três vezes por semana e os vôos de Córdoba e Mendoza de Flybondi.

Os preços convenientes em hotéis e da gastronomia da região justificaram o grande número de visitas à cidade, de acordo com o presidente do Hotel Gastronomic Association de Bariloche, Hugo De Barba. “Hoje estamos com preços mais baixos das cidades da região andina e de outros destinos na costa atlântica que competem com Punta del Este. Nos preços, somos iguais ou inferiores, mesmo de Buenos Aires. Além disso, temos uma série de atividades para oferecer “, disse ele.

Os empresários concordam com a recuperação do turismo estrangeiro. “Começamos a receber brasileiros no verão. É um segmento mais desportivo. Também registramos a vinda de alguns alemães, franceses e italianos”, explica o presidente da Câmara de Turismo local, Felipe Orticcelli.

Fusne

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em comprar online. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e tristezas nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe... Leia Mais

Vamos Bater um Papo?