Na hora de escolher sapato social masculino vale a pena seguir essas dicas

Se a sua grande questão para agora é como escolher sapatos sociais masculinos, todas as suas respostas estão neste post. Acredite! Porque diferente das mulheres, eles não tem tanta vontade ou afinidade de passar horas escolhendo o melhor par de sapatos e suas cores ou versatilidades. É até bom tocar no assunto porque se você é o cara que procura por sapatos ou é quem vai presentear ou escolher por ele, que provavelmente seja é parecido com indivíduos repletos de testosterona, e considera que todos os modelos se não iguais, são muito parecidos ou que praticamente qualquer calçado pode servir independente da ocasião, tipo aqueles que só sabem usar tênis esportivos. Porém, é só na hora que aparece um casamento ou um evento importante é que vão lembrar de que não tem nada adequado para calçar e aí começa a saga do melhor modelo.

Estilo
3 meses atrás
Na hora de escolher sapato social masculino vale a pena seguir essas dicas

Então, pensando em facilitar a sua vida e te ajudar a ganhar tempo, nós vamos te ensinar a como escolher os sapatos sociais masculinos que combinam, como combiná-los e escolher calçados curingas. Confira!

Favorito dos sapatos sociais

Bem como todo detalhe ou assessório que compõe o seu visual, o que está em seus pés falam tudo sobre um homem e deve refletir sua personalidade atendendo exigências formais sem abrir mão de itens como conforto e bem-estar. Com toda certeza, atualmente, mais que nunca, personalidade é fundamental na composição do seu look, apesar da liberdade para escolher o que mais te representa, é fundamental conhecer modelos que, mesmo básicos, são indispensáveis para um guarda-roupas masculino completo. Quando falamos dos sapatos sociais, o preto de cadarço é o que primeiro da lista para a maioria.

Ele é um bom representante, fino e elegante, é um calçado adequado para as ocasiões mais formais. Pode ser envernizado, de couro ou opaco. Independente da sua escolha, é uma aposta infalível. Será um sucesso!

Para visuais mais rebuscados, o sapato social pode sair ocasiões estritamente formais e alcançar o dia a dia em trajes esporte fino. Ganhando opções como modelos sem cadarço e com fivelas. Só para garantir mais combinações, vale investir em sapatos marrons, além de serem de fácil combinação, tem bom caimento com calças sociais ou jeans e camisas.

Como definir o solado do seu sapato?

Frequente dúvida, mas bem fácil de responder. A verdade não é democrática, e não existe um solado melhor do que o outro. Se ficará mais tempo em pé ou caminhando, opte por emborrachados, preste atenção para que não seja grosseiro e fica tudo bem. Avalie bem o material, pois existe uma tecnologia de amortecimento que confere ao sapato a absorção ideal de impactos, sem perder o máximo conforto. Jamais abra mão do conforto, não vale a pena trocar seu bem estar por mau humor.

Tudo o que você precisa saber

A cartela de possibilidades e opções masculinas são infinitamente menores se comparados com as milhares opções femininas. As variações são restritas, então a aposta fica entre modelos que ofereçam conforto em primeiro lugar, estilo e uma versatilidade, para fazer combinações e não parecer repetitivo ou sem opções. A recomendação é investir em modelos de qualidade, pertinentes à ocasiões diferentes com peças diferentes, afinal a moda masculina dura mais tempo. Então não se preocupe em investir um pouco mais porque valerá a pena, cuidados certos farão seu companheiro e dinheiro durar por anos e conhecer muitos lugares contando muito de você.

Sapato Oxford

Um clássico na moda masculina, é o modelo que sem dúvida é o mais elegante e também o mais sofisticado sapato masculino. Originário da Europa, Escócia e Irlanda, foi o modelo favorito do rei Eduardo VII, muito usado no castelo escocês de Balmoral. O nome se deu por conta de seu grande uso pelos alunos da Universidade de Oxford, oferecendo uma nova perspectiva de calçados fechados com amarrações. Todo costurado de bico arredondado, o modelo sem abas é o mais formal e chique, proporcionando ao estilo masculino um ar mais alinhado, é popular acompanhando ternos, blazers ou combinações com camisas sociais. Em casos mais ousados pode variar aparecendo em conjunto com peças mais casuais.

Sapato Brogue

Uma derivação do Oxford, o conterrâneo foi criado para ser usado por caçadores e trabalhadores, que passavam pelos mais diversos terrenos. O modelo também criado por escoceses e irlandeses ganhou seus admiradores por sua funcionalidade (britânicos poderiam afundar os pés por águas geladas, permitindo que a secagem do calçado se tornasse mais rápida e fácil). A principal diferença entre eles são os furinhos encontrados só nas pontas ou por todo ele. O bico do sapato pode ser comprido e afinado ou arredondado, fora modelos com a biqueira com forma de “W”. É uma opção mais informal e descolada, com inúmeras opções de cores e detalhes. É um calçado bem aceito em qualquer ocasião do cotidiano combinado com jeans ou roupa social enquanto os calçados mais escuros, discretos, fazem bonito no trabalho ou festas informais.

Sapato Derby

Chamado de blucher, pela vitória em Waterloo contra Napoleão, o general Gebhard Blücher popularizou este modelo confortável para quem tem o peito do pé mais alto. Eram botas de abas costuradas usadas por cima do cabedal do calçado, o modelo menos formal que um Oxford, pode ser usado com costume, com blazer e calça sem gravata. O sapato de cadarços pode ter um bico mais quadrado, sem a divisória na ponta, mas ele tem abas na altura do cadarço e pode garantir um bom look ao ser usado com jeans se atentando ao modelo e ocasião.

Sapato Loafer

Desenvolvido em 1930, por uma família americana de New Hampshire, Spaulding, inspirado num artigo da Esquire, batizaram o calçado confortável em referência à área onde as vacas descansavam antes de serem ordenhadas. Para popularizar o estilo, o americano George Henry Bass criou os weejuns, uma faixa de couro com um losango vazado sobre o peito dos pés, tornando-se popular na década de 60, entre universitários dos Estados Unidos. Tornou-se inesquecível por conta dos pés de James Dean, nos anos 50, oferecendo um sapato fechado e sem cadarço, também não possuía fivela, identificado pela faixa de couro com desenho inconfundível. É um modelo de calçado casual com recomendações de uso na composição de looks com calça jeans e camisa modelo polo.

Dicas para manutenção de sapatos sociais

  • Não use o mesmo sapato mais de um dia seguido, muitos são forrados com couro e absorvem o suor, por isso é fundamental secar o calçado antes de usar novamente.
  • Armazene seus calçados num local seco com uma forma de madeira, isso mantém a forma do sapato, não criando qualquer dobra ou rugas.
  • Não exponha seu sapato a água diretamente, vai deformá-lo. No máximo um pano úmido.
  • Jamais use graxas e creme à base de querosene, eles ressecam o couro com o tempo mesmo com aquele brilho imediato. Dê preferência à produtos à base de água.

Considerações finais

Fazer compra de sapatos masculinos, como qualquer outro tipo de compra ou cuidado com o marketing pessoal, pode ser cansativo e durar muito mais tempo do que o ideal. Saber o que você precisa pode ser um item decisório no ganho de tempo, agilizando o processo transformando esta, numa tarefa mais eficiente. O que levar em conta, quais as opções para poupar tempo e esforço garantindo melhores resultados.

7 dicas para escolher o sapato social masculino sem erro

  • Garanta o conforto – Compre seus calçados no fim do dia, seus pés costumam estar mais inchados e maiores do que pela manhã por conta do esforço ao longo do dia (vale para elas). Lembre-se de acertar nas meias, influenciarão no resultado final.
  • Atente-se no estilo – São muitos modelos que começa pelo oxford, o modelo mais formal e chique de todos. Então para escolher sem falhas, leve em consideração a sua ocasião.
  • Perceba a influência do bico – Bicos quadrados encurtam a silhueta, redondos nunca saem de moda garantindo a harmonia do look. Fora os meio-termo, menos arredondado e mais pontudo de linhas suaves sem comprometerem sua harmonia.
  • Material adequado – Couro é sinônimo de sapato social, apesar de terem variações é uma escolha clássica e infalível. Outros materiais não se ajustam bem ao formato do pé, descascam, vincam e deformam. Então preste atenção em quanto tempo quer que este sapato dure. Este tipo de calçado não muda muito conforme o uso, não considere que eles ficarão muito melhores depois de amaciados.
  • Determine o melhor solado – Em geral, sapato social tem que ter solado de couro, borracha transmite informalidade demasiada e normalmente pecam no acabamento. Mas dá pra variar, seja cauteloso com a tecnologia.
  • Importância do acabamento – É diretamente relacionado a qualidade do produto, então uma forragem bem-feita, com revestimento resistente, a sola fixada com costura e o capricho na hora de pespontar são referências consideráveis.
  • Observe o custo-benefício – Desconfie de preços muito baixos, afinal, produtos de qualidade são apresentados a um custo um pouco maior, que é compensado totalmente pela duração e pelos aborrecimentos que você não terá ao optar por eles.

Fusne

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em comprar online. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e tristezas nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe... Leia Mais

Vamos Bater um Papo?