Motos
4 semanas atrás

Honda Rebel vem pro Brasil? A gente queria que sim

Honda Rebel vem pro Brasil? A gente queria que sim

A Honda Rebel é uma moto bem descolada e oferece uma super personalidade pra quem já sabe pilotar, mas garante a acessibilidade para os iniciantes nas duas rodas.

Uma moto que promete mais que personalidade e estilo, ela oferece satisfação, em seu programa de desenvolvimento, a equipe da Honda declara que esta moto nasceu por influência do significado de duas palavras: simplicidade e pureza. Não é uma moto exclusivamente feminina, mas a proposta é arrasar corações de jovens e experientes viajantes sendo eles ou elas, que tem boa aparição pelos asfaltos brasileiros.

A Honda Rebel é um veículo relativamente simples em muitos pontos, tanto no de utilização ou para os que montam por “hobby”, só pelo prazer da customização.

Os pneus mais largos e seu design minimalista destacam a pureza na característica Bobber. Sabe aquele mix em que todos os detalhes estão ali para serem admirados, e mais, nenhum se sobrepõe. É como se fosse um papel branco pronto para receber sua assinatura, seja colorida, seja como for. A proposta da Honda é “para dar asas à criatividade dos fãs da personalização”.

Suas curvas e brilhos Bobber acaba chamando a atenção para o típico tanque de combustível com uma capacidade um pouco acima de 11L, tem um guidão largo e o farol redondo. Já o painel de instrumentos é sintético e reduzido, conta com um velocímetro compacto e tela LCD por dentro.

A motoca tem um aspecto rebaixado por conta do seu chassi inédito em motos Honda, com tubos de aço, tipo Diamond, para ser mais baixo e estreito possível no assento do piloto (parece para meninas). Ela oferece quase 70 cm, o que é pouquinho, de distância entre o banco e o chão, o que dá mais confiança para iniciantes que fazem manobras em menor velocidade com uma baita sensação de segurança oferecendo ao piloto mais equilíbrio e neutralidade.

Já a suspensão dianteira conta com tubos com mais de 4 cm com afastamento de 2,3 cm para acompanhar o largo pneu que mede 130/90-16. A traseira conta com uma balança de suspensão feita em tubos de aço com diâmetro bem largo, são 4,5 cm mais os dois amortecedores que podem ser ajustados.

Os freios são no sistema ABS e as rodas são de alumínio fundido, o disco de freio é simples dianteiro e traseiro. Na frente o cáliper tem duplo pistão mas a trás o pistão é simples.

Vamos confessar que não é exatamente uma moto para carregar passageiros, mas seu branco predominante na parte central da moto segue a linha fidedigna do estilo Custom, então com apenas dois parafusos facilmente pode ser retirada a parte do passageiro. As pedaleiras do acompanhante também podem ser removidas sem atrapalhar esta belezinha. O que exalta o lado individualista característico das Bobber mais radicais.

Vamos falar do motor desta criança?

Falamos de um motor bicilindrico, parecido com os da família CB500, com mapeamento da injeção de combustível PGM-FI o que deixa aquele barulhinho típico nas baixas rotações. A ponteira do escape 2 em 1 no estilo “Shotgun” segue no mesmo conceito e o câmbio é composto por 6 marchas e sua transmissão final acontece por corrente.

Deixe seu comentário

Conheça mais o Fusne

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em comprar online. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e tristezas nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe... Leia Mais