buscar
Motos

Honda CB 1000R: essa é para quem gosta de potência máxima

A nova Honda CB 1000R chegou em fevereiro de 2019, com visual retrô futurista que aborda todo um espírito aventureiro. Além disso, a nova Naked tem muita tecnologia e um motor bem potente de 998 cc com 141 cv e 10,2 kgf.m.
Publicado em Motos dia 26/03/2020 por Alan Corrêa

A nova Honda CB 1000R chegou em fevereiro de 2019, com visual retrô futurista que aborda todo um espírito aventureiro. Além disso, a nova Naked tem muita tecnologia e um motor bem potente de 998 cc com 141 cv e 10,2 kgf.m.

Disponível nas cores vermelho metálico e preto perolizado, tem garantia de três anos sem limite de quilometragem. O valor dessa incrível máquina é de R$ 60.900.

Veja tudo sobre a CB 1000R

A CB 1000R foi desenvolvida sobre o conceito NSC (Neo Sports Café), com motor quatro-cilindros DOHC com injeção eletrônica de 998,4 cc com 141,4 cv a 10.500 rpm e 10,2 kgfm entre 6 mil e 8 mil rpm. Ele é derivado da Fireblade. O câmbio é de seis marchas e a embreagem é do tipo deslizante, que ajuda a roda traseira a não desgarrar em reduções de marchas.

O conceito Neo Sports Café aborda uma silhueta trapezoidal e ultracompacta, chassi monotrave em aço, de baixo peso, suspensões totalmente reguláveis Showa e freios dianteiros com calipers de quatro pistões e fixação radial.

O seu motor de 4 cilindros proporciona maior torque e mais potência na hora de pilotar, o que garante melhor performance.
Com 4 modos de pilotagem, a CB 1000R possibilita ao piloto configurar a potência, o controle do torque e do freio motor.

A moto vem com acelerador eletrônico do tipo TBW (Throttle By Wire), que proporciona maior desempenho em potência e torque. Trazendo ainda mais tecnologia, a CB 1000R possibilita escolher entre 3 diferentes níveis de controle de torque, com a opção de desligar o sistema e pilotar como toda a liberdade que quiser. Podendo ainda regular em 4 modos o nível de potência, do freio-motor e da intervenção do controle de tração pelo Riding Mode.

Estilo retrô, linhas futuristas e um design marcante. A CB 1000R se impõe por onde passa e representa o seu espírito aventureiro.

Os quatro modos de direção são: Rain, que deixa a potência no nível mais baixo, o freio-motor em nível intermediário e o controle de tração em nível elevado; Standard, que nivela a potência, o controle de tração e o freio-motor em parâmetros intermediários; e Sport, que joga a potência ao máximo, e deixa o controle de tração e freio-motor em modo menos intrusivo. No modo User, o piloto quem determinar o nível de cada um dos parâmetros.

Cilindrada: 998,4 cc

A CB 1000R possui um painel multicolor totalmente digital, que permite visualizar as condições de pilotagem da motocicleta a partir dos modos de cores do painel, facilitando a checagem de informações pelo piloto. Além disso, tem velocímetro, conta giros, indicador de marchas, nível de combustível, relógio, temperatura externa e do arrefecimento do motor, computador de bordo, consumo médio e instantâneo, indicadores de nível de potência, freio motor e controle de tração. A tela exibe ainda as luzes indicativas de direção, de ABS, de farol alto, de corte do controle de tração, de óleo do motor, da injeção e do HISS (Honda Ignition Security System) que garante o acionamento do motor apenas pela chave original.

Para completar a CB 1000R possui suspensão do tipo Separate Function front Fork (SFF) e amortecedor com estrutura Big Piston front Fork (BPF). E para uma maior segurança, sempre que ocorrer frenagem brusca e inesperada, o pisca-alerta é acionado automaticamente, mantendo a sinalização até o piloto soltar o freio.