buscar
Automóveis

CNH do Brasil é válida nos EUA?

Para os que pretendem morar nos Estados Unidos, a carteira de motorista é válida por 180 dias, depois disso será preciso solicitar a carteira de motorista norte-americana, a Drive License americana, para continuar dirigindo por lá.
Publicado em Automóveis dia 2/06/2021 por Alan Corrêa

Sim, é possível sim dirigir nos EUA se estiver CNH brasileira, desde que ela esteja dentro do prazo de validade.

Se você vai tirar férias ou pretende morar nos Estados Unidos, é importante conhecer as regras em vigor com relação à carteira de motorista dos EUA, chamada no país de Drive License.

Nos Estados Unidos, o processo para obtenção do documento é mais fácil e rápido, diferente da burocracia e das exigências brasileiras.

Sim, é possível sim dirigir nos EUA se estiver CNH brasileira, desde que ela esteja dentro do prazo de validade.

No entanto, alguns países é obrigatório obter a Permissão Internacional para Dirigir (PID), que é o documento necessário para o motorista brasileiro dirigir legalmente nos países signatários da Convenção de Viena sobre Tráfego Rodoviário de 1968, promulgada, no Brasil, pelo Decreto nº 86.714, de 10 de dezembro de 1981. Esse documento é facilmente emitido no Brasil.

Para os que pretendem morar nos Estados Unidos, a carteira de motorista é válida por 180 dias, depois disso será preciso solicitar a carteira de motorista norte-americana, a Drive License americana, para continuar dirigindo por lá.

Para emitir a Drive License americana você vai precisar do passaporte com visto válido, dois comprovantes de endereço nos Estados Unidos e o Cartão do Social Security Number (SSN).

Após a apresentação dos respectivos documentos e o pagamento das taxas já é possível fazer o teste teórico, que vai abranger a legislação de trânsito americana. Se for aprovado na primeira prova, o requerente será encaminhado para o exame médico oftalmológico. Depois disso, ele já recebe uma permissão provisória (30 dias) para dirigir. Decorrido este prazo é preciso retornar para realizar a prova prática.

*Com informações do Itamaraty e Remessaonline.