buscar
Curiosidades

Chef japonês viraliza com técnica especial de servir pudins

Um chef japonês de 80 anos chamado Shizuo Mori se tornou viral nas redes sociais devido à sua técnica especial de servir pudins, o que levou os turistas a esperar em fila para experimentar a sobremesa. Inicialmente, o chef ficou surpreso quando alguns clientes mostraram vídeos dos pudins.
Publicado em Curiosidades dia 3/04/2023 por Alan Corrêa

Um chef japonês de 80 anos chamado Shizuo Mori se tornou viral nas redes sociais devido à sua técnica especial de servir pudins, o que levou os turistas a esperar em fila para experimentar a sobremesa. Inicialmente, o chef ficou surpreso quando alguns clientes mostraram vídeos dos pudins.

O senhor de 80 anos se tornou famoso nas redes sociais por sua técnica especial de servir pudins, atraindo turistas de todo o mundo que esperam em fila para experimentar sua sobremesa.

É surpreendente que o chef Mori não use celular, apesar de sua popularidade na internet. Na estreita rua de Tóquio onde sua cafeteria está localizada, os visitantes esperam por horas para provar sua sobremesa.

Um chefe de cozinha japonês de 80 anos se tornou famoso nas redes sociais por sua técnica especial de servir pudins, atraindo turistas do mundo todo para experimentar a sobremesa. Embora tenha se tornado viral na internet, o idoso não usa celular. Desde as 8 horas da manhã, é comum ver uma fila de pessoas esperando em uma rua estreita de Tóquio para provar os pudins.

Com movimentos rápidos e um pulso firme, o chef demonstra sua vitalidade e paixão pela profissão, passando 16 horas em pé todos os dias para preparar comidas e bebidas.

Embora nunca tenha viajado para o exterior, o chef recebe o mundo todo em sua cafeteria. A técnica do pudim é tão incrível que os clientes são atraídos por ela, mas também pela personalidade carismática do chef.

A técnica do chef atrai muitos clientes, mas não é apenas isso que faz a clientela voltar. A sobremesa japonesa é parecida com o pudim de leite brasileiro, mas a receita não leva leite condensado. Cada pudim é feito de forma caseira, com muito cuidado e carinho, o que explica por que apenas 50 pudins são produzidos diariamente. Infelizmente, muitos ficam de fora da experiência, pois as filas são longas e os pudins se esgotam rapidamente. O chef lamenta não poder aumentar a quantidade de pudins, mas afirma que cada um deles é preparado com muito amor e dedicação.

*Com informações do R7.