buscar
Notícias

7 de setembro não será repetição do 8 de janeiro, diz Dino

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) atuará de forma preventiva na identificação de ameaças e possíveis incidentes que possam colocar em risco a segurança do público e das autoridades presentes no desfile de 7 de Setembro, que ocorrerá na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Será estabelecido um centro de monitoramento com o objetivo de fornecer informações situacionais sobre os eventos, em colaboração com outros órgãos de segurança da Presidência da República e do governo do Distrito Federal (GDF).
Publicado em Notícias dia 4/09/2023 por Alan Corrêa

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, expressou sua confiança na ocorrência de um desfile tranquilo e harmonioso no dia 7 de setembro. Ele enfatizou o fortalecimento do esquema de segurança para o evento.

“Não há, até o momento, indícios concretos de que o 7 de Setembro será marcado por algum tipo de ataque. Infelizmente, há alguns boatos circulando na internet, os quais estamos monitorando de perto. No que diz respeito à capital do país, pedi ao governo do Distrito Federal que tome precauções especiais. A governadora em exercício, Celina Leão, solicitou o apoio da Força Nacional, e as Forças Armadas também estão mobilizadas”, declarou o ministro durante o lançamento do Programa de Ação na Segurança (PAS) e do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci 2) em Vitória.

Ministro afirmou que esquema de segurança será reforçado em Brasília (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Dino acrescentou que os protestos pacíficos serão respeitados. “Pode haver pessoas que decidam protestar, e é importante destacar que a liberdade de expressão protege manifestações pacíficas. Se alguém optar por protestar pacificamente, estará exercendo seu direito legítimo. No entanto, não permitiremos a repetição dos terríveis incidentes de 8 de janeiro”, referindo-se aos atos golpistas que causaram danos aos edifícios dos Três Poderes no início do ano.

Força Nacional

A pedido do Governo do Distrito Federal, agentes da Força Nacional de Segurança Pública reforçarão a segurança e prestarão apoio durante o desfile de 7 de Setembro. Essa solicitação foi feita ao secretário executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Capelli, após autoridades locais identificarem vídeos nas redes sociais contendo ameaças de possíveis atos de vandalismo durante o feriado nacional.

Além da Força Nacional, o governo do Distrito Federal estabeleceu o Gabinete de Mobilização Institucional, que supervisionará as ações de segurança durante as celebrações da Independência.

No total, cerca de 2 mil militares da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e 500 policiais civis do Distrito Federal (PCDF) estarão prontos para a operação.

Abin

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) atuará de forma preventiva na identificação de ameaças e possíveis incidentes que possam colocar em risco a segurança do público e das autoridades presentes no desfile de 7 de Setembro, que ocorrerá na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Será estabelecido um centro de monitoramento com o objetivo de fornecer informações situacionais sobre os eventos, em colaboração com outros órgãos de segurança da Presidência da República e do governo do Distrito Federal (GDF).

*Com informações da Agência Brasil.